Liberação de Cotesia

Liberação de cápsulas para combate à praga conhecida como broca-da-cana.

Vespa parasitoide como solução em canaviais

A cultura da cana é a que mais utiliza o controle biológico de pragas no Brasil. Um deles é a vespa Cotesia flavipes, que também parasita a broca-da-cana e é o inseto mais usado no combate a essa praga. A diferença é que ela ataca a lagarta, enquanto o Trichogramma parasita os ovos antes da eclosão da lagarta.

Chamada que destaque a maior vantagem desse serviço em relação ao que existe no mercado

Como funciona a liberação

Estima-se que atualmente quase 50% da área de cana de açúcar cultivada no país são tratadas com as vespas Cotesia e Trichogramma. No entanto, a maioria das usinas ainda faz a liberação de cotesia manualmente no copinho, onde o profissional entra no canavial e vai caminhando e liberando copinho por copinho no campo.

Um dos grandes diferenciais da aplicação de agente biológico por meio de drones é a hora certa da liberação. Acontece que em muitos casos, os responsáveis pela liberação manual precisam entrar muito cedo no campo, dependendo ainda do crescimento da lavoura e das condições climáticas. Com o drone, a liberação da cotesia é executada na melhor hora e da melhor forma.